| |

08 de Junho de 2021

Um novo começo?

O Relatório anual de tendências da FRUIT LOGISTICA considera o que o futuro pode reservar para as empresas de produtos frescos do mundo

FRUIT LOGISTICA, a principal feira comercial mundial de fruta e legumes frescos, publicou um relatório especial sobre os efeitos a longo prazo da Covid-19 no negócio internacional de produtos frescos.

Intitulado "A Fresh Start?", o último Relatório anual de tendências da feira reúne uma coleção inigualável de opiniões e comentários exclusivos de pessoas que trabalham no coração da indústria. Este considera o impacto duradouro da pandemia em vários aspetos do comércio, concentrando-se na produção, logística, distribuição e consumidores.

"O ano passado foi cheio de incertezas", diz o autor do relatório, Mike Knowles, da Fruitnet Media International, "mas não há dúvida de que algumas das mudanças a que assistimos nessa altura vão moldar o negócio da fruta e dos vegetais nos anos vindouros. O crescente interesse dos consumidores por alimentos saudáveis, por exemplo, ou o fato de o retalho online se ter tornado uma parte muito maior do mercado. A sustentabilidade, tanto social como ambiental, está também a ser falada mais do que nunca, e embora as oportunidades de crescimento permaneçam, as cadeias de fornecimento estão a sofrer uma maior tensão como resultado destas e de outras pressões".

Enquanto o mundo continua a combater o coronavírus, o Relatório de tendências da FRUIT LOGISTICA explica como o setor dos produtos frescos se está a adaptar a uma nova realidade e a enfrentar os impactos a longo prazo desta crise global sem precedentes.

Atualmente, os visitantes do site da FRUIT LOGISTICA podem transferir uma cópia do Relatório de tendências - gratuitamente.